MEU CACHORRINHO ESTÁ CHEGANDO

1) Como escolher meu cãozinho de estimação:


Se trata de uma decisão de muita responsabilidade
Você tem que pensar bem, e não ter pressa. Um cãozinho vive em média 14 anos, e durante esse período você será o responsável pelas alegrias e tristezas dele. Lembre-se: o cão ama seu dono e estará sempre ao seu lado, onde quer que ele esteja. Ele não tem escolha, mas você tem. Então pense se você está preparado para esta responsabilidade.



Existem outros fatores que devem ser analisados antes de procurar pelo novo amiguinho:
  • Aspectos familiares:
    • as pessoas que convivem com você aprovam animais?
    • Existem crianças que convivem com você? Lembre-se que o cãozinho pode ter brincadeiras de morder, puxar e isso pode parecer perigoso para crianças, você está disposto a administrar a nova matilha?
    • você é recém casado (a)? e quando chegarem os filhos? Pense bem se você terá condições de dar atenção ao novo filhinho e ao cãozinho.


  • Aspectos práticos:
    • Você mora de aluguel? o proprietário aceita animais? pergunte-se se quando você mudar de casa terá condições de levar o amiguinho junto.
    • Você mora em apartamento? o estatuto do prédio aprova animais?
    • Um cachorrinho gera um custo financeiro. Pense em quanto você estará disposto a gastar por mês. Você vai ter que comprar ração de boa qualidade, usar um "repelente" contra parasitas, ter cuidados com a higiene, dar vacinas anuais, e visitas a veterinário sempre que necessário. Esses custos variam de acordo com o tamanho do animal.
    • Quanto tempo e disposição você tem disponível por dia para se dedicar ao seu cachorrinho? Cães precisam de atenção e passeios diários de pelo menos uma hora por dia.
Ufa, você nem imaginava que tinham tantos aspectos a serem analisados não é?
Pois é, uma escolha com responsabilidade envolve essas questões.

Pronto, você está preparado para ter um animalzinho de estimação. Ebaaaaa. Agora vamos escolher o animal certo pra você.



2) Qual animalzinho se encaixa no meu estilo de vida?


Amados, essa escolha é fundamental num ambiente harmonioso na nova matilha. É muito comum ouvirmos esse tipo de comentário:
Adoro cães de porte grande, mas moro em apartamento.
Ou quero um animalzinho para o meu filho;
ou meu sonho é ter ...(um animal de raça)
Bem, no meu ponto de vista o primeiro passo é desmistificar a questão da "raça" e o
preconceito quanto ao SRD, ou o famoso vira-latas.
Hoje em dia não é certo que a "raça" proporcione um perfil de comportamento esperado.
Com a procriação indiscriminada, cruzamentos de animais com desvio de comportamento ou
com doenças genéticas não garantem o comportamento padrão que tal raça deveria ter. E o contrário tembém acontece, cães considerados agrecivos, nem sempre o são. Casos como o Pit Bull que são vítimas diárias de preconcito gerando abandono.


Vamos lá então, chega de blá blá blá, vc já entendeu que defendo a ADOÇÃO e sou terminantemente contra a comercialização de animais.


Adotar um filhote ou um "adolescente" ou um "adulto"?


Filhotes: . É uma delícia e requerrem muita atenção, acompanhar  passo a passo seu desenvolvimento, a troca dos dentinhos, as primeiras brincadeiras..
Se forem muito pequenininhos vc vai ter que dar papinha de desmame várias vezes por dia, como se fosse uma criança que precisa mamar toda hora. Eles crescem rápido, e vão "comem tudo", nem sempre, mas a excessão é NÃO COMER. Você terá que ter paciência, e principalmente compreensão. Fotografe TUDO, faça um albúm, ache graça, faça um diário, um blog, participe de comunidade em redes de relacionamento, porque essa fase passa muito rápido e você vai rir muito das confusões dele, e com muita saudade.
Entretanto quando for adotar e não conhecer os pais, não vai saber qual o porte do cãozinho.



TOQUINHO
  
 
  

LILICA

 

PIPOCA
 
   
Se tiver preferência por determinado porte é aconselhável então que você adote um cão adolescente ou adulto. 

Adolescentes: a partir de 7 meses até 2 anos. Ainda dá pra curtir a inocência, o espírito pueril, sem passar pela dor de cabeça do "come tudo". Dá também pra ter noção do porte.
A partir dos 7 meses eles crescem menos e começam a desenvolver a musculatura, ficam fortes, o pelo da infância caie dá lugar à pelagem definitiva, inclusive a cor. É normal na mudança da pelagem, haver alteração de cor.














Adultos: a partir dos 2 anos. Eles acalmam, ficam mais companheiros, param de comer tudo.
Mas continuam alegres, brincalhões, respeitam as regras da casa, identificam e respeitam o líder.
A convîvência é mais fácil, para nós humanos.
Ao contrário do que se pensa, cães adultos se adptam muito bem ao novo lar. E por terem passado por tantas dificuldades, são muito gratos aos adotantes, demonstrando amor, companheirismo, e GRATIDÃO, é emocinante adotar um cão adulto.
Quando se adota um cão adulto, é importante perguntar ao protetor sobre o comportamento do animal (o protetor sério vai alertá-lo antes da sua indagação)
Se aceita outros animais, ou se deverá ser filho único. Se aceita crianças, se foge de casa,
se é dócil, se late, se é cão de quintal ou cão de casa. Essas questões são importantíssimas
para que o convívio seja harmonioso.



3) Preparando o terreno para a chegada do cãozinho


Seu amiguinho está chegando!!!
Que delícia de ansiedade, lembro quando estava esperando a chegada da minha melhor amiga, a Cristal.
Ela veio pra casa com 7 meses, claro que adotada. Eu não tinha a menor idéia de como seria a casa com ela. Enfim...aprendi com a vivência. Terei o maior prazer em dividir essa experiência com vocês.


1) você já escolheu seu amiguinho
  • Um filhote de 1 mês à 3 meses: dependendo da idade você vai ter que dar papinha para desmame. Nessa fase, é melhor que ele esteja perto de você. Lembre-se que ele saiu há pouco da companhia da mãe e dos irmãozinhos e tudo era a maior farra. Então é normal que ele sinta falta de tudo isso. O importante é ele se acolhido pela nova matilha - você e sua família. Existe um brinquedo no mercado interessantíssimo, se chama snugle puppy. Um bichinho de pelúcia diferente. Ele tem um coração que bate e a barriga fica quentinha dando conforto e segurança ao seu peludo. Não é o máximo!!! É mãe substituta. Você encontra esse brinquedo no http://www.lordcao.com.br/ como é um produto importado, às vezes tem, outras vezes não tem. O meu eu comprei num site chileno http://www.buenperro.cl/.